Fale com a nossa Ouvidoria.

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Ícone

© 2019. Santa Casa de Bom Despacho

 

Nossa História

       A Santa Casa de Bom Despacho foi fundada em 14.02.1903 por iniciativa do Pe. Nicolau Angelo Del Duca, com o objetivo de servir aos mais necessitados.

 

       A Sociedade de São Vicente de Paulo esteve à frente da diretoria desde a sua fundação até 1934, quando da chegada da Irmandade do Perpétuo Socorro que com dedicação assumiu a Santa Casa. Eram pessoas que trabalhavam muito. Como não tiveram mais condições de continuarem, assumiu em 1979, a Associação de São Vicente de Paulo de Belo Horizonte, as Filhas da Caridade, como são comumente conhecidas. Vieram de diversas partes do Brasil e até do exterior, sendo que a sede encontra-se em Belo Horizonte com diversas outras casas em todo o Brasil. Administraram com afinco e dedicação até meados de 1999, quando mais uma vez a direção volta às mãos da Sociedade de São Vicente de Paulo. Administraram com grande dificuldade, talvez pela falta de experiência em assuntos hospitalares e permaneceram de abril de 1999 a 14 de setembro de 2001, quando a partir de 15 de outubro deste mesmo ano, assume a Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais, através da Fundação Educacional Lucas Machado: FELUMA.

Marcada por uma administração conflituosa, permaneceu de 2001 a 12 de abril de 2004, quando assumiu uma nova diretoria.

Durante toda a sua trajetória a Santa Casa tem procurado seguir a sua missão. Não tem sido fácil e desde a sua fundação passa por crises financeiras. A falta de recursos tem sido um de seus maiores desafios.

O serviço de atendimento à saúde da Santa Casa de Bom Despacho teve início em 14 de fevereiro de 1903, por iniciativa de seu fundador o Padre Nicolau Ângelo Del Duca (livro de atas da Santa Casa de Bom Despacho em 14.02.1903). Instituição ligada à Igreja católica e criada com a finalidade de prestar assistência aos doentes de toda a região centro-oeste de Minas Gerais.

       No decorrer dos anos muitos fatos marcaram a existência da instituição. Obteve o seu reconhecimento através do Conselho Nacional do Serviço Social do Ministério da Educação e Cultura, hoje, Conselho Nacional da Assistência Social – CNAS, através do Decreto Federal n° 2.536 com registro de Instituição Filantrópica (ata da Santa de Bom Despacho).
 

Enfrentou diversas fases  administrativas e como marco nestes últimos anos está em sua quarta administração, frente as suas dificuldades financeiras para sobrevivência. Atua como uma instituição de referência da microrregião Centro-Oeste, no município de Bom Despacho e sua maior fonte de financiamento está centrada no Sistema Único de Saúde (SUS).

 

       O ano de 2004 foi um marco na evolução da Santa Casa no qual a administração fez inicialmente um estudo sobre a Santa Casa, levantou dívidas, negociou prazos, renegociou contratos com conveniados e estabeleceu metas. Havia muito trabalho a ser feito. Muitos equipamentos sucateados, o telhado demandava reforma urgente e muitas outras reformas a serem feitas, enfim o estado geral da instituição era precário e nenhum recurso a vista. O cenário era inicialmente desolador e o que se via era uma instituição decadente. Em 2005 a administração traçou metas, planos de trabalho e projetos foram encaminhados quando então a Santa Casa aderiu-se ao PRO-HOSP (Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais).

       A adesão da Santa Casa de Bom Despacho ao Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais SUS/MG - PROHOSP possibilitou estabelecer melhorias em sua infra-estrutura e investir na capacitação e treinamento de seus colaboradores, respeitando-se a sua missão: Promover a recuperação da saúde, acolhendo a todos de forma ética e humanizada com compromisso social. E sua visão: Ser hospital de referência microrregional, sustentável, reconhecido pela excelência dos serviços prestados.

Como muitos hospitais no país, a Santa Casa enfrenta dificuldades como a escassez de recursos financeiros, adequação da área física, tecnológica, capacitação e desenvolvimento da área de recursos humanos. Ainda assim, ao longo destes anos vem investindo na capacitação e qualificação dos profissionais, adequando o espaço físico, adquirindo novos equipamentos, buscando a melhoria e excelência dos serviços prestados a população local e regional.

       Como sempre ocorre a mudança da administração, em abril de 2011 foi empossada uma nova diretoria que propôs novas metas, e para melhor se estruturar contratou um serviço especializado de auditoria para levantar os problemas mais iminentes da instituição para desta forma, iniciar um trabalho mais condizente com a realidade da instituição, persistindo incessantemente na busca pela excelência dos serviços prestados.

 

       Em 2013 teve inicio uma nova gestão, empossada em abril com novos membros e novas estratégias foram traçadas. Contratou-se uma empresa especializada para administrar e gerir o hospital.

 

       Em 2015, conforme estatuto da instituição foi eleita nova diretoria, que manteve a contratação de empresa especializada em administração, priorizando sempre a busca pela excelência dos serviços prestados.  

 

       A partir de 2017, nova diretoria foi empossada, persistindo na melhoria da assistência, investindo em novos projetos e na reestruturando do espaço físico.

Missão

 

      É um compromisso social promover a recuperação da saúde, acolhendo a todos de forma ética e humanizada, promovendo a vida e oferecendo soluções em saúde, pautadas em constante compromisso com a qualidade, com o desenvolvimento profissional, a humanização e a ética nas relações, através de um modelo de gestão empresarial autossustentável.

 

 

          Com o compromisso de sermos um hospital de referência microrregional, sustentável e reconhecido pela excelência dos serviços prestados, mantemos a ética, o comprometimento com a coletividade, o respeito mútuo e a responsabilidade socioambiental como valores nos quais se pauta a atuação da Santa Casa de Bom Despacho.

          Ainda mantemos princípios de transparência na divulgação pública de todas as nossas atividades; de respeito e humanização dos procedimentos de trabalho e no atendimento à saúde; de efetividade, sustentabilidade e crescimento e, de ética em nossas ações.

Valores

Diretoria

Corpo Clínico

 
 

PRESIDENTE​​
Vânio Sergio Maia​

VICE PRESIDENTE​​
Drº Denílson Diniz dos Santos​

1º TESOUREIRO​​
Vílson Teixeira Gonçalves​

2º TESOUREIRO

José Cardoso de Mesquita​​​

1ª SECRETÁRIA

Gladys da Silva Coelho​​​

2º SECRETÁRIO

Luiz Carlos Severiano Coelho​​​

CONSELHEIROS FISCAL

Pedro Adalberto da Costa

José Donizeti
Afonso Soares Lopes​​​​​​

SUPLENTES DO CONSELHO FISCAL

Ana Lúcia Tavares Ferreira

Marcos Antônio Briseno

Cleusa Maria dos Santos Teixeira Gonçalves.​​​​​​

DIRETOR ADMINISTRATIVO
Henrique Andrade do Carmo

 

UTILIDADE PÚBLICA

 

OUVIDORIA

Clique Aqui e acesse

o contrato feito com Prefeitura

Municipal de Bom Despacho

Fale com a nossa Ouvidoria.