Buscar
  • Santa Casa BomDespacho

Transferência de gêmeos recém-nascidos para Formiga-MG


transferência de recém nascido santa casa de bom despacho
Santa Casa de Bom despacho

No dia 11 de abril de 2022, a equipe da Santa Casa de Bom Despacho, em conjunto com o SAMU, realizou a transferência de dois bebês que nasceram prematuros na instituição. A gestante deu entrada na instituição com relatos de contração, sendo avaliada pelo médico de plantão, no qual o mesmo constatou que se referia a uma gestação gemelar, 33 semanas e 05 dias, sendo o primeiro bebê cefálico (que está com a cabeça virada para baixo na barriga da gestante) e o segundo transverso (o bebê está na horizontal na barriga da gestante), em trabalho de parto prematuro.

Após esta avaliação pelo médico de plantão, foi realizado início da inibição do trabalho de parto.

Após uma reavaliação pelo médico plantonista, constatou-se que a paciente entrou em trabalho de parto franco, sendo contatado o SAMU para informar que a mesma não seria mais transferida, uma vez que os bebês provavelmente nasceriam no caminho do transporte.

Logo após a constatação a paciente é encaminhada para a sala de cesárea, uma vez que um dos gêmeos é transverso e não é possível a realização do parto normal. Tendo em vista que os bebês são prematuros, após realizada a cesárea, os mesmos evoluem para uma necessidade de intubação.

Fora formada uma equipe com duas pediatras especializadas em terapia intensiva pediátrica, sendo elas a Dra. Maísa Viana e a Dra. Patrícia Simões, pertencentes ao quadro de pediatras da instituição, no qual as mesmas realizaram a estabilização dos RN’s no berçário, viabilizaram assim a realização do transporte com eficiência. Nossa equipe realizou contato com o CTI do Hospital de Formiga, sendo autorizada a transferência dos dois RN’s.

Após a autorização do Hospital de Formiga, foi realizado novo contato com a equipe do SAMU para auxílio no transporte dos pacientes, uma vez que os mesmos já estavam estabilizados, com cateterismo umbilical e intubados, prontos para a realização do transporte.

É de suma importância salientar que o SAMU é responsável pelo transporte, sendo a estabilização uma responsabilidade institucional da Santa Casa, sendo esta realizada com maestria pela equipe de pediatria.

Duas equipes do SAMU comparecem a Santa Casa para a realização da transferência, sendo constatado pelas equipes a necessidade da solicitação do apoio aéreo, em decorrência do extenso trajeto para a transferência.

Após a chegada do apoio aéreo, o SAMU auxilia o transporte dos pacientes até o local em que estaria o helicóptero para a realização da transferência.

Salientamos que os RN’s chegaram ao hospital de Formiga estáveis, uma vez que houve a estabilização dos mesmos na Santa Casa de Bom Despacho e também em decorrência da excelente prestação de transporte pelas equipes responsáveis.
83 visualizações0 comentário