Buscar
  • Santa Casa BomDespacho

Voluntariado: uma atitude que salva vidas!



Em uma sociedade marcada pelas relações mercantilizadas, onde até quantidade de seguidores em redes sociais pode ser monetizado, as ações voluntárias soam como uma insanidade que foge ao entendimento racional da maioria das pessoas, principalmente quando se tratam de ações genuínas, sem outros interesses excusos.

Na área da saúde, as ações de voluntários salvam vidas e quando falamos do voluntariado responsável pelos destinos de uma instituição do porte da Santa Casa de Bom Despacho, estamos falando de centenas de vidas.

Assim, neste dia que em que se comemora o dia do voluntariado, não posso deixar de fazer minha reverência ao grupo de voluntários responsáveis pela administração da Santa Casa. Figuras como o Sr. Vânio Maia, o Sr. Vilson Teixeira e o icônico Seu Mesquita, através da sua dedicação, muitas vezes não reconhecida, prestam um bem inestimável à toda sociedade.

Aposentados, sem interesses políticos secundários, estes cidadãos poderiam, como a maioria, estar na posição de críticos, apontando erros sem entender de toda a problemática que envolve uma instituição hospitar filantrópica. Ao contrário, sujeitos à todo tipo de críticas e cobranças, tomam para si a responsabilidade, empenham seu tempo e muita energia para gerir a instituição. À título de um único exemplo, posso garantir que, não fosse a ação obstinada destes senhores, as perdas e sofrimento com a pandemia de covid-19 seriam muito maiores.

Há mais de 10 anos tenho a honra de participar desse grupo de voluntários que é responsável pelo expressivo impulso que a Santa Casa de Bom Despacho vem ganhando. No meu caso, nem de longe tenho os mesmos méritos dos outros voluntários, uma vez que, sendo médico, as melhoras do hospital significam melhoras nas minhas condições de trabalho e, desde que cheguei à Bom Despacho, sonho em ter um ambiente de trabalho adequado. Sempre digo que para um profissional médico, cuidar apenas dos próprios interesses é muito fácil, por isso sinto-me feliz por retribuir parte do que recebi à sociedade, através desse voluntariado. Agradeço aos senhores Maia, Vilson, Mesquita, esse grupo de verdadeiros e obstinados altruístas a oportunidade de estar junto de vocês nessa empreitada.

Sei que não procuram glória, mas espero que a sociedade de Bom Despacho reconheça com o respeito que vocês merecem por este grande trabalho voluntário!

Denilson Diniz dos Santos

Vice-Presidente da Santa Casa de Bom Despacho

98 visualizações0 comentário